Grupo Trampulim

Página Inicial

Você é um palhaço?

Posts com a tag ‘performances’

MARCHA DAS ” super palhaças” VADIAS

Por Administrador na quarta-feira, 23 de maio de 2012 às 10:51

Senhoras e senhoras, mulheres e meninas, moças e moçoilas, no sábado (26/05), o Grupo Trampulim em parceria com a Marcha das Vadias faz a convocatória:

“MARCHA DAS SUPER PALHAÇAS VADIAS”
(Eu quis dizer SÓ PALHAÇAS!)
(PALHAÇOS só serão aceitos disfarçados de seres humanos)

A Invasão das palhaças na Marcha começará na Praça da Estação às 15h como um elemento surpresa e depois segue para a Praça da Liberdade!
A concentração/maquiagem/preparação está marcada para 13h em frente ao Teatro Espanca (Rua Aarão Reis, 542, Centro).

Então se você é palhaçA, ou melhor, se você é uma super-palhaçA:
VEM VADIAR COM A GENTE!

Continue lendo

0 comentários

Tags: , , , , ,

Spasso – A nossa escola

Por trampulim na terça-feira, 3 de abril de 2012 às 23:58


VIVA A SPASSO!!!!!

Em 1997 nascia em Belo Horizonte a Spasso – Escola popular de circo, responsável por fazer desta cidade uma referência na arte circense brasileira.

O Grupo Trampulim foi fundado pelos também fundadores da Spasso, Rogério Sette Camara e Inimá Santos Junior e se orgulha de ter sido a primeira turma formada pela escola.

Continue lendo

0 comentários

Tags: , , ,

bomBaH!!!!

Por trampulim na quarta-feira, 9 de novembro de 2011 às 1:13

EXTRA EXTRA! NOTÍCIA BOMBÁSTICA!

Palhaços do Grupo Trampulim viram estrelas de cinema!!!!!

OPA!!! Quem foi o palhaço que escreveu essa anedota? A notícia não era essa!

Que estrela de cinema o que! Só se for estrela cadente! Ou melhor…decadente!

Explica que é pra não confundir!

É que na última segunda feira de Outubro , os palhaços foram convidados pelo diretor Baiano Diego Lisboa para fazerem uma ‘pontinha’ no filme que ele realizou através do projeto Residências Criativas, da Ong Contato. Daí, palhaço é assim né! Cabeção! Chamam pra fazer uma pontinha e ele acaba queimando até a última ponta!  Digo… Levando até as últimas conseqüências!

Quando Diego chegou com o argumento do filme sentimos que aquela idéia poderia ter sido tirada de nossas próprias cabeças. Era como se um palhaço tivesse se perdido nos limites entre Minas e Bahia, e agora, ele estava ali outra vez! Sentadinho na cadeira, tentando explicar suas ‘mirabolâncias’.

Contamos pra ele nossas estratégias invasoras, nossos risos passageiros e nossos sonhos de interação com a cidade. Foi tiro e queda!

Continue lendo

0 comentários

Tags: , ,

Presença Online